100 permanências

A série "100 permanências" traz as repetições que percebo no meu feed do Instagram. Com o confinamento, a internet tornou-se a minha janela para o mundo exterior. Por outro lado, vejo se repetirem as mesmas cenas diariamente. Pessoas se exercitando em casa, ruas vazias, reuniões via zoom, aniversários solitários, aventuras culinárias, crianças em apartamentos, vistas... Continuar Lendo →

Mulheres inventadas

Sete mulheres de diferentes idades e trajetórias pessoais e artísticas se reúnem periodicamente desde 2016. À medida que os encontros acontecem, percebem que suas questões não apenas se tocam, mas se refletem e se repetem nas memórias de vida de cada uma. Questões pessoais como abuso, vergonha, medo, expectativas se ampliam num contexto social que... Continuar Lendo →

Verônica Fukuda no Aplauso CWB

A artista Verônica Fukuda é uma das artistas convidadas da exposição “Mulheres inventadas” que entra em cartaz no próximo sábado (16/04) em Curitiba. Se os contos de fadas fossem reais, ela estaria dentro deles. Com uma maneira delicada de esculpir em papel e argila, a artista transforma suas emoções em animais e seres mitológicos que... Continuar Lendo →

Clipping Mulheres Inventadas

Mulheres Inventadas é o nome da mostra que as artistas Agnes Vilseki, Evary Leal, Laiz Zotovici, Nicole Lima e Verônica Fukuda estreiam neste sábado (16/3), na Sala 1 do Museu Municipal de Arte (MuMA), ao lado da convidada Karla Keiko. Até 12 de maio, o público poderá ver fotos, vídeos e esculturas dispostos individualmente ou em instalações. Os... Continuar Lendo →

Poéticas do corpo

Apresentar e discutir a produção de artistas contemporâneos que utilizam o corpo - ou corpos - como ponto de partida para suas poéticas. Essa foi a premissa do grupo de pesquisa e trabalho criado pela pesquisadora e artista Nicole Lima no final de 2017. Ao longo de um ano o grupo se reuniu periodicamente na... Continuar Lendo →

Da resistência dos estados provisórios

(#resistenciadosestadosprovisorios) Certo dia no ônibus, durante o longo e já costumeiro trajeto à minha casa, percebi que, na paisagem da janela, meu olhar procurava e se fixava sobre determinadas “gambiarras”: um caminho improvisado e marcado na terra onde não há calçada; uma pilha de pedras e tijolos encaixados segurando o relógio de luz no lugar... Continuar Lendo →

Alfaiataria para corpos latentes

Com isso, essas artistas tratavam a própria imagem como uma relação social e o espectador como um tema construído pelo mesmo objeto do qual anteriormente afirmavam distância. O descolamento visual e seu corolário, o objeto de arte autônomo, surgiram como uma relação de externalidade mais do que dada, construída, uma relação que produz – e... Continuar Lendo →

#semserobjeto

O que é SER MULHER? Você consegue responder a essa pergunta sem pensar imediatamente em um corpo feminino? Participe do desafio #semserobjeto. Poste uma imagem que NÃO CONTENHA um corpo ou partes de um corpo feminino, respondendo à pergunta "o que é ser mulher?" poste a foto no Facebook ou Instagram, marcando @mulheresqueocupam e incluindo a #semserobjeto. Homens e... Continuar Lendo →

WordPress.com.

Acima ↑